Enfim, nosso “RG”

Enfim, nosso “RG”

Você conhece a etiqueta de caseína? Vamos falar um pouco sobre ela…

A caseína é uma proteína presente naturalmente no leite. Há cerca de 100 anos os produtores de queijo franceses e holandeses viram a necessidade de marcar seus queijos para criar uma diferenciação explicita em relação aos demais queijos do mercado, sobretudo para exportação, de forma a garantir a procedência dos mesmos.

Essa “ferramenta” (a etiqueta de caseína) foi crucial para identificar os queijos de origem e procedência, e diferenciá-los das falsificações que tentavam usurpar a tradição e notoriedade dos territórios produtores de queijo à época. A etiqueta em si, funciona como uma etiqueta de preço, entretanto, o grande diferencial são as medidas de controle e rastreabilidade impressas na mesma.

No caso da Região do Queijo da Canastra essas medidas são expressadas em um código de 8 dígitos, no qual os 3 primeiros identificam o produtor (no nosso caso somos o 020) e os cinco últimos são a identificação (o RG) de cada queijo, individualmente. Dessa forma o consumidor, ao acessar o site da nossa associação APROCAN conseguirá checar informações como quem produziu e quando foi produzido o queijo que ele está prestes a consumir.

Por isso, é uma grande satisfação para nós do queijo Pingo do Mula estarmos aptos a utilizá-la, representando que atendemos estritamente aos critérios de produção tradicional e segurança alimentar nos queijos que produzimos.

Compartilhe esta postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *